Pesquisar este blog

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Sensações

Sensações
teu beijo
maná de sensações vibrantes
teu abraço
porto de calmarias
e tempestades que me dominam
teu olhar
jardim do meu coração
mel doce onde navego e me afogo
olhos
onde me socorro
onde sou vida e de amor morro
de meu mar onde vivo...
onde renasço a cada palavra
que me murmuras ao ouvido
boca
de sabor indomável
de aromas que me fazem nascer
de mim
o amor que me sustenta
que me faz querer regredir
querendo vida no viver só em ti
tentação
onde me refugio
na ponte de minhas fantasias
és a louca vertente
de meus pensamentos mais indecentes
a sentença
mais linda que foi dada a cumprir
a fronteira
mais longa e deliciosa
que jamais atravessei
a bússola
mais completa que me foi dada a estudar
o grito
que de mim nasce
o suspiro
que em mim morre
teu toque me cala
nos soluços que te visto
em poemas que se despem
olhar teu mais doce... tão doce.
seduzes-me em juras eternas
poros amantes que não se largam
nas caricias que não mentem.
Ângel Magalhães